08 junho 2008


Quando o mundo me cansa eu só quero você. Só sentir a textura da sua pele. O quente dos seus carinhos. Deitar ao seu lado e ficar conversando sobre qualquer bobagem. Fazer planos para a fortuna que um dia ainda vamos possuir. Te encher de beijos de bom dia. E sentir seu mau-hálito pela manhã, só pra ter certeza de que você é de verdade, por mais perfeito que pareça aos meus olhos.
Sim, é você. Homem que um dia eu pedi a Deus. Que me descobre. Que me confia. Que me acalma.

O mundo me cansa tanto. As conveniências que ele me pede. As regras que ele me dita.

E eu só preciso de você pra me aliviar o cansaço. Pra acalmar meus hormonios e fazer passar a dor da distância. Sim, da distância, essa maldita que nos separa. Que nos tortura. E que nos prova.

Ah, tola distância, eu adoro provar que sou mais.

6 comentários:

Vinícius Aguiar disse...

É, às vezes precisamos de um sentimento mais forte para continuarmos a ser capazes de enfrentar todas as coisas que o mundo nos impõe diariamente, e a distância é de fato, nossa principal adversária nesse momento... mas quando é verdadeiro, não existe distância capaz de vencer, e isso tá muito bem descrito no seu texto! Ah, vou fingir que esse é apenas um texto de ficção viu... hehehehehe
beijos!

Flávia disse...

Esse é o texto que tenho escrito nos olhos todos os dias para o meu amor, tão distante quanto esse do seu texto... e tão perto, apesar de tudo. Tão perto.

Lindo seu blog, moça... suave, delicado, feminino... sua spalavras parecem um carícia de pluma. Gostei muito mesmo.

Obrigada pela visita que me fez, sinta-se em casa por lá. Espero vc mais vezes - será um prazer recebê-la de novo.

Beijo!

Ana Luíza disse...

Adorei seu texto tbm menina Flor...
Mto expressivoooooo
E volte sempre viu??? P/ comentar...

ABRAÇÃOOOOOOO

:: Daniel :: disse...

A distância também me sufoca. Escrevi sobre isso outro dia, no meu blog. Como gosto dessas sintonias, permita-me mostrar minhas palavras:

http://velha-casa.blogspot.com/2008/06/distncia.html

Clarice Lis disse...

Menina flor, quanta doçura nas suas palavras. Entendo quando diz que o mundo cansa, mas que bom que encontrou um lugar bom para descansar. Volto mais vezes para visita-la

Dayne Dantas disse...

Que texto lindo.
Vem de encontro ao meu estado de espirito.
Parabéns. ;*